Cristina Lavareda Baixinho

Cristina Lavareda Baixinho

Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (PT)

    Professora-Coordenadora na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa. Doutora em Enfermagem. Mestre em Saúde Escolar. Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Investigadora no Centro de Investigação, Inovação e Desenvolvimento em Enfermagem de Lisboa (CIDNUR). Áreas de Investigação: Gestão do Risco de Queda em idosos residentes em estruturas residenciais para idosos e na comunidade; transição do hospital para a comunidade; Prática Simulada; Prevenção de Lesões músculo-esqueléticas nos enfermeiros especialistas. Editora da Anna Nery Revista de Enfermagem. Membro da Comissão Científica do CIAIQ e WCQR.

    A implementação dos resultados da investigação QUALI: desafios e tendências

    O avanço rápido da investigação e a proliferação mundial dos seus resultados são um ganho indiscutível para o desenvolvimento da sociedade, com traduções claras nos avanços tecnológicos, sociais e humanos. Este acréscimo de estudos e a disseminação dos resultados são um desafio para os investigadores, que por um lado têm acesso a estudos diversos, sobre um dado tema, mas continuam a ter o desafio de fazer chegar os resultados da investigação ao cidadão.
    Esta dificuldade é transversal a todas as áreas de conhecimento e nota-se sobretudo na implementação dos resultados dos estudos qualitativos. Não obstante a crescente aceitação do conhecimento produzido nos paradigmas construtivista e interpretativista de investigação, as guidelines e os estudos de síntese de evidência continuam a privilegiar modelos positivistas, com perdas na compreensão da complexidade e a riqueza dos fenómenos sociais e humanos, perdendo-se insights valorosos para a compreensão dos acontecimentos, isoladamente ou em complementaridade com abordagens quantitativas.
    O exposto é um repto não só à discussão dos desenhos de investigação, mas também a redefinir como se interligam a síntese de evidência e o respetivo método científico, para o fazer, e reconsiderar os modelos que são usados para transferir e implementar o ‘conhecimento Quali’ em contextos com especificidades culturais e recursos disponíveis dispares.

    Ver as sessões de Cristina Lavareda Baixinho